Programa oferece estrutura de atendimento qualificada

Para humanizar o atendimento aos pacientes que fazem uso do Programa de Medicamentos Excepcionais (PDME), a Secretaria de Saúde de Camaçari criou um espaço climatizado, confortável e seguro na Central de Assistência Farmacêutica, localizada no Almoxarifado Central da Prefeitura Municipal.

A medida visa proporcionar melhor atendimento aos usuários do programa, que antes da requalificação ficavam aguardando do lado de fora do setor, expostos ao tempo. “Precisamos oferecer um atendimento digno às pessoas”, afirmou o prefeito Antonio Elinaldo, ao acrescentar, “Agora os beneficiados com o PDME dispõe de local estruturado, com cadeiras, climatizado e três guichês de atendimento, sendo um exclusivo para cadeirantes”, concluiu.

O PDME trabalha exclusivamente com medicamentos que não possuem substituto terapêutico na Relação Municipal de Medicamentos e que não são fornecidos pelo estado e união. A diretora da Central de Assistência Farmacêutica, Andreia Dias, explica que o programa é voltado para atendimento aos usuários que necessitam de medicamentos excepcionais. No entanto, para ter acesso é necessário apresentar a receita acompanhada de relatório médico, que serão submetidas à análise. “Se justificado que o elenco de remédios do SUS não atende ao paciente, entramos em contato com ele para que possa pegar o medicamento”, complementou a diretora.

O secretário da Saúde, Elias Natan ressalta que são poucos os municípios no Brasil que possuem este tipo de programa, pois de acordo com a legislação cabe ao município a responsabilidade de fornecer os medicamentos do Componente Básico da Assistência Farmacêutica. Além dos R$ 613 mil já investidos em 2017, o PDME já realizou 3.739 atendimentos com medicamentos dispensados. “Mesmo em cenário de crise econômica, que afetou o orçamento da Prefeitura, iremos fechar 2017 com um investimento no programa superior ao de 2016”, ponderou Natan.

Autor: Ascom/PMC

Deixe uma resposta