Comemoração da Independência da Bahia leva samba ao Pelourinho

Celebrando 195 anos de história, as comemorações de Dois de Julho reúnem diversas manifestações culturais ao longo do cortejo em memória pela Independência da Bahia. Além dos desfiles cívicos, a festa popular toma conta também do Centro Histórico de Salvador. A programação especial dos largos do Pelourinho recebe dois dias de samba: na segunda-feira (2), quando se comemora a data magna da Bahia, e na quinta-feira (5), celebrando A Volta da Cabocla.
A programação do dia 2 terá início às 15h. No Largo Pedro Archanjo, quem abre alas para o samba é o grupo Anjo Bom. Às 17h30, a banda Samba Maria apresenta um samba jovem, com gingado característico. O Grupo Movimento encerra a programação no espaço, às 20h.
O Largo Tereza Batista vira a estação do Trem de Luxo. A banda chega ao destino às 15h, para promover um show divertido e irreverente. Às 17h30, o samba continua com o Grupo Trivial. Por fim, às 20h, tem Roque Bentenquê, um dos nomes mais antigos do ritmo tradicional na Bahia.
No Largo Quincas Berro D’Água, a programação começa com a melodia envolvente do Samba Amoroso, às 15h. Às 17h30, tem todo talento e simpatia da sambista Rose Belo.
Volta da Cabocla 
Para celebrar o retorno dos carros do Caboclo e da Cabocla ao Pavilhão da Lapinha, será realizado o evento ‘A volta da cabocla’ na quinta-feira (5), com shows gratuitos. No Largo Pedro Archanjo, o público curte Nonato Sanskey e Samba de Roda Mucum’G, às 20h30. No mesmo horário, o Largo Tereza Batista recebe o show da cantora Juliana Ribeiro, onde também não vai faltar samba para encerrar os festejos.
A programação é realizada pela Secretaria de Cultura do Estado  (Secult), por meio do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) e do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac).
 
Fonte: Ascom/Secult

Deixe uma resposta

MySQL query error