Maratona de Salvador reúne atletas profissionais e amadores

Saltur, organizadora do evento, faz avaliação positiva da competição 
Com o céu ainda encoberto por nuvens negras, às 5h, competidores já se alongavam no largo do Farol da Barra para participar da segunda edição da Maratona Cidade de Salvador, realizada neste domingo (23). Ao todo, cinco mil competidores se dividiram entre as provas de 5k, 10k, 21k e 42k. Cerca de 40% desses atletas vieram de fora de Salvador.
“A Maratona de Salvador foi concebida pela Prefeitura alinhada à estratégia da cidade de dinamizar a sua plataforma de eventos e, ao mesmo tempo, com o objetivo de introduzir a capital baiana no roteiro internacional desse segmento. Ao longo dos últimos anos, a cidade vem fortalecendo os eventos de corrida de rua, produzindo em média 60 competições por ano. Vamos fortalecer esse nicho cada vez mais. O resultado de hoje foi excelente e faremos cada vez melhor”, avaliou Isaac Edington, presidente da Saltur, que organiza o certame.

Dedicação – A emoção do soteropolitano morador de Itinga Antônio Carlos Borges, 33 anos, por ser o primeiro competidor a cruzar a linha de chegada em 2018, no percurso dos 5k, fez com que o público vibrasse em êxtase pela dedicação e performance. Borges vinha se preparando para a competição treinando todos os dias nos períodos matutino e vespertino.
“Corro há 15 anos. Gracas a Deus consegui ser campeão hoje, mas isso é consequência de muito trabalho, não é surpresa não. O primeiro lugar é sempre importante”, destacou o atleta. Ele revelou ainda que vinha se preparando para fazer a meia maratona, mas por conta da saúde, abalada por uma forte gripe na última semana, decidiu trocar de prova e disputar os 5k.
O sergipano José Nilson de Jesus, 41 anos, garantiu a primeira colocação na prova dos 10k e destacou que a capital baiana já faz parte da sua trajetória como atleta. “Corro aqui há uns dez anos e já ganhei umas 30 provas em Salvador. Gracas a Deus consegui chegar bem. Cada corrida é única e a emoção é sempre diferente. A estrutura da maratona foi show de bola”, relatou. Sempre competindo nos 10k e 21k.
Amadores – Mas a festa não foi apenas dos atletas que subiram ao pódio para vibrar por suas metas alcançadas. Competidores amadores, como o casal Romilda Carvalho Lins, 44 anos, e Evandro Costa, 47, que participaram da Maratona Cidade de Salvador pelo segundo ano por lazer, também fizeram uma verdadeira festa. “A gente corre por diversão e sempre participa das corridas de rua. É uma forma de lazer e também um recurso para cuidar da saúde e condicionamento físico. Tivemos essa ideia de começar a correr há um ano e não paramos mais”, contou Romilda Lins.
Para finalizar a manhã de provas, todo o público presente no Largo do Farol da Barra, local de largada e chegada dos atletas, pode ainda aprender coreografias animadas de sucessos musicais com o grupo FitDance. Em seguida o cantor Denny Denan assumiu a liderança da festa e trouxe todo o ritmo cadenciado dos timbais para uma homenagem aos atletas que participaram da segunda edição da Maratona Cidade de Salvador.
Por:SECOM

Deixe uma resposta