Vitória vence a Chapecoense no Barradão e deixa o Z-4

Sob pressão e muitas críticas da torcida, o Vitória entrou em campo nesta quarta-feira (6) e conseguiu respirar na Série A. Com um golaço de Neílton, o Rubro-negro bateu a Chapecoense por 1 a 0, no Barradão.

Além de ter voltado a vencer em casa, o time baiano, que tem a pior defesa da competição, conseguiu não levar gol. O resultado tirou o Leão da zona de rebaixamento.

Com 11 pontos, os comandados de Vagner Mancini, que iniciou a partida ameaçado no cargo e também conseguiu respirar subiram para a 14ª colocação. O Vitória agora volta a campo no próximo sábado (9), diante do Corinthians, em São Paulo.

O JOGO

O primeiro tempo foi de poucas emoções, mas foi o Vitória quem teve as melhores chances. Logo aos dez minutos, Lucas Marques recebeu na intermediária, chutou forte e mandou a bola perto do gol.

Aos 17, Jeferson fez boa jogada pela esquerda e cruzou na área. André Lima se jogou para desviar, mas Jandrei operou um milagre para salvar.

Um minuto depois, foi a vez de Neílton assustar. O atacante aproveitou rebote na área e pegou de primeira. A bola desviou em Douglas caído no gramado.

Já aos 42 minutos, Neílton tentou mais uma vez. Após bola desviada na área, Neílton finalizou bonito, mas Janderei fez a defesa.

Se não saiu no primeiro, o gol aconteceu no segundo. Aos 16 minutos, após saída de bola errada de Apodi, Neílton acertou um lindo chute no ângulo de Janderei para abrir o placar com um golaço.

A Chapecoense tentou responder quatro minutos depois. Arthur Caike cobrou falta e Ronaldo fez grande defesa para evitar.

Nos últimos minutos, a Chape fez uma blitz na defesa do Vitória, mas o Rubro-negro conseguiu segurar o ímpeto do adversário e voltar a vencer no Barradão.

Vitória 1 x 0 Chapecoense
Brasileirão Série A – 10ª rodada

Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data/Horário: 06/06/2018, às 19h30
Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES). Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antônio Zanott (ES). Assistentes adicionais: Devarly Lira do Rosário (ES) e Felipe Duarte Varejão (ES)
Cartões amarelos: Kanu, Neílton, André Lima (VIT); Thyere
Gols: Neílton (VIT)

Vitória
Ronaldo; Cedric, Kanu, Aderllan e Jeferson; Ramon, Lucas Marques (Yago), Rhayner (Nickson) e Wallyson; Neilton (Lucas Fernandes) e André Lima. Técnico: Vagner Mancini.

Chapecoense
Jandrei; Apodi (Eduardo), Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo (Guilherme) e Canteros; Nadson, Arthur Caike e Wellington Paulista (Vinicius). Técnico: Juninho (Gilson Kleina cumpre 

Deixe uma resposta

MySQL query error