Após anos de abandono Simões Filho inicia uma nova história

Quem convive na cidade de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS), já consegue notar que em um ano e oito meses da nova gestão, a cidade vem recebendo novos investimentos e obras que interferem diretamente na vida do munícipe. Confira algumas das ações.

Na saúde: construção de quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS), reforma da UBS Nice Lourdes Simões, reforma da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), reforma e serviços de manutenção no prédio do Hospital Municipal, reforma de cadeiras ambulatoriais, climatização da enfermaria II, construção de espaços de convivência e vivência. Além das aquisições de aparelhos, como mesa cirúrgica, raio-x digitalizado, tomógrafo, aparelhos oftalmológicos, ventiladores pulmonares e instalação de mobiliário nos leitos.

Na educação: inauguração da Creche Escola Maria Sérgia Pereira de Souza, em Simões Filho 1, manutenção de 79 escolas, 10 escolas em tempo integral e duas em fase de readequação, carteiras novas, freezers, geladeiras, ventiladores, farda escolar, capacitação de professores, merenda de qualidade.

Na infraestrutura: inauguração de duas praças, quadra 4 e 7 do CIA 1, construção de praça em Ilha de São João e Góes Calmon. Revitalização da Via Universitária, construção de escadarias, encostas, pavimentação asfáltica e outras.

Após anos de abandono, a nova administração tem o desafio de desconstruir uma imagem nativa. Então é justa a frase usada pelos membros do poder público, executivo, quando falam “Construir uma nova Simões Filho”, de oportunidades e visando o bem estar de toda a população.

Por:Ascom – Núcleo de Imprensa

Deixe uma resposta