46 são presos em operação contra tráfico,roubo, furto e desvio de carga

Ação desmontou organização criminosa que atuava em Brasília e mais 14 cidades brasileiras.

A Polícia Civil prendeu 46 pessoas em Brasília e em mais 14 cidades brasileiras na operação Torre de Babel – a ação desmontou uma organização criminosa suspeita de praticar crimes como tráfico de drogas, roubo, furto e desvio de carga. O balanço foi divulgado nesta quinta-feira (11), no Distrito Federal.

Veja o resumo em cada unidade da federação:

  • Distrito Federal e Entorno: 18 prisões; 3 carros e R$ 80 mil apreendidos; 23 mandados de busca e apreensão cumpridos
  • Santa Catarina: 16 prisões; 17 carros apreendidos; 25 mandados de busca e apreensão cumpridos
  • Bahia: 4 prisões; 3 carros e 1 colete a prova de balas apreendidos; 1 mandado de busca e apreensão cumprido
  • Pernambuco: 3 prisões; 3 mandados de busca e apreensão cumpridos
  • Paraná: 2 prisões; 2 carros apreendidos; 8 mandados de busca e apreensão cumpridos
  • São Paulo: 2 prisões; 2 mandados de busca e apreensão cumpridos
  • Mato Grosso do Sul: 1 prisão; 2 mandados de busca e apreensão cumpridos

Além das prisões, foram encontrados cerca de R$ 80 mil em dinheiro dentro do fundo falso de uma caminhonete atribuída a Antônio Cesar Campanaro, conhecido como Toninho do Pó. Ele é apontado pela polícia como chefe de uma organização criminosa ligada ao tráfico de entorpecentes.

De acordo com a Polícia Civil do DF, dois mandados de prisão devem ser cumpridos nos próximos dias.

“Essa operação tem um caráter didático muito importante. Quando há uma integração entre os órgãos do Estado, é possível que várias polícias civis de vários estados trabalhem em conjunto, numa repressão efetiva à criminalidade”, disse o delegado-chefe da Divisão de Repressão ao Crime Organizado, Fernando César Costa, em referência à criação da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

A investigação

O operação Torre de Babel, coordenada pela Divisão de Repressão ao Crime Organizado, começou com a investigação de Toninho do Pó.

Ao fim, a polícia descobriu se tratar se de uma organização criminosa interestadual também dedicada a roubos, furtos e desvios de cargas. O material era revendido em outros estados.

“Conseguimos identificar todos esses grupos criminosos que atuavam de forma orquestrada e deflagrar a operação na manhã de ontem [quarta-feira], que culminou no cumprimento de 46 dos 48 mandados de prisão expedidos”, afirmou Fernando César Costa.

De acordo com as investigações, o líder da organização contava com o apoio de dois “braços” para praticar roubos e furtos de cargas. Eles teriam recrutado motoristas e falsificado as notas fiscais dos produtos roubados, além de registrado falsas ocorrências de roubo e furto de carga.

Na outra frente de atuação, “Toninho do Pó” recebia ajuda de um homem que, segundo a polícia, mantinha “vigorosa atuação na seara do tráfico de drogas”.

Torre de Babel

O nome da operação refere-se à grande quantidade de cidades alvos da atuação do grupo criminoso e, também, ao grande número de forças mobilizadas para desarticular o esquema.

Por:G1

Deixe uma resposta

MySQL query error