Vanessa Grazziotin critica privatizações previstas no Estatuto das Estatais

Em discurso nesta quarta-feira (4), a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) saudou o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, que concedeu liminar contra partes do Estatuto das Estatais consideradas inconstitucionais.

Na opinião da senadora, dois dispositivos dessa lei permitiram ao presidente Michel Temer promover uma privatização “insana” de empresas públicas, especialmente nos setores de energia e petróleo.

– A venda das estatais só pode acontecer com lei que autorize especificamente e não fazer o que Michel Temer estava fazendo. Ele estava privatizando o patrimônio público, dizendo que aquilo era desinvestimento ou venda de ativos. Ora, como venda de ativos? Ele estava entregando era tudo – protestou.

Vanessa espera que, em agosto, após o recesso do Judiciário, o Plenário do Supremo ratifique a inconstitucionalidade do Estatuto das Estatais.

A senadora também criticou a diretoria da Petrobras e a “política de desmonte” da empresa petrolífera. Como resultado, segundo ela, 30% do diesel consumido no Brasil é importado enquanto as refinarias brasileiras acumulam mais de 25% de capacidade ociosa.

Agência Senado

Jefferson Rudy/Agência Senado

Deixe uma resposta