O deputado Roberto Carlos requer a obrigatoriedade de película de proteção nos boxes de vidro

Devido aos casos sucessivos de quebra ou estouro espontâneo de box de vidro de banheiro causando riscos aos usuários, sobretudo, quando o ocorrido pode envolver crianças, o deputado Roberto Carlos (PDT) apresentou na Assembleia Legislativa da Bahia, o Projeto de Lei (22.789/2018) que dispõe a obrigatoriedade de película de proteção nos boxes de vidro de banheiros no Estado.

Segundo o parlamentar, embora não haja estatísticas sobre esse tipo de acidente de consumo, relatos de quem sofreu cortes, e até foi submetido a cirurgias, após boxes se estilhaçarem, são cada vez mais fáceis de encontrar. Tem sido muito comum mães relatarem esses acidentes em blogs e redes sociais. A grande maioria tem como objetivo querer alertar consumidores.

“O perigo de acidentes tem feito muita gente procurar meios de evitar essas ocorrências. O box estourado se transforma em milhares de cacos de vidro espalhados pelo chão colocando em risco a segurança de pessoas e, principalmente de crianças, que na maioria das vezes são as que mais se machucam”, disse o deputado Roberto Carlos.

De acordo com o médico José Roberto Vasconcelos Araújo, coordenador da Pediatria do Hospital e Maternidade Celso Pierro, da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC Campinas), os acidentes com box de banheiro têm se tornado frequentes e as crianças são a maioria das vítimas, principalmente com idades entre 1 e 4 anos.

Deixe uma resposta